Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Ministra diz que não é possível ter dados por concelhos no boletim diário. “Há coisas que decorrem da vida”

18 set, 2020 - 17:48 • Fábio Monteiro

No início de julho, António Lacerda Sales, secretário de Estado da Saúde, anunciou que seriam feitas melhorias aos sistemas de notificação de casos Covid-19. Passados dois meses, casos por concelho continuam a ser apenas divulgados uma vez por semana

A+ / A-

Veja também:


Há municípios nacionais que continuam a divulgar diariamente o número de residentes infetados com Covid-19, mas a ministra da Saúde, Marta Temido, diz que não é possível compilar esses dados no boletim diário da DGS devido a "limitações dos sistemas informáticos".

Em resposta a uma pergunta da Renascença, na conferência diária sobre a Covid-19 em Portugal, Marta Temido explicou esta sexta-feira que, “depois de os dados serem distribuídos, serem alocados, há um trabalho mais fino de alocação aos concelhos, em função de critério de residência e isso exige correções".

"Por mais automatismos que existam, é um trabalho que decorre da própria mobilidade das pessoas. Uma pessoa pode se infetar no Algarve e ser residente no Porto. E, portanto, é essa a razão de ser desta circunstância que não há sistemas informáticos que consigam ultrapassar”, afirma.

Segundo a ministra, “há sistemas informáticos que estão a ser melhorados e continuamos a fazer isso, e continuamos a trabalhar todos os dias para melhorar a qualidade da nossa informação e a qualidade das respostas aos portugueses, mas, de facto, há coisas que decorrem da vida”.

No início de julho, António Lacerda Sales, secretário de Estado da Saúde, anunciou que seriam feitas melhorias aos sistemas de notificação de casos de Covid-19. Na época, foi referida a necessidade de integração das plataformas SINAVE Lab, SINAVE Med e Trace Covid. Desta forma, seria possível poupar trabalhos aos profissionais de saúde e ter acesso a uma radiografia mais fica da situação epidemiológica nacional.

Questionada sobre a evolução desta iniciativa, Marta Temido revelou que os dados do SINAVE Lab já integram o Trace Covid, mas “a questão da integração das três aplicações é ainda um processo que continua a decorrer”.

Plano outono/inverno

O plano para o período outono/inverno “será divulgado no início da próxima semana”, garantiu a ministra Marta Temido. A mesma informação já havia sido avançada pelo primeiro-ministro, na conferência de imprensa após a reunião do gabinete de crise, também esta sexta-feira.

A ministra da Saúde adiantou que o documento será partilhado com o Conselho Nacional de Saúde Pública, para “efeitos de consulta”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    18 set, 2020 Funchal 19:35
    A Sra. Ministra faz o que sabe e pode. Não é fácil num estado de pandemia implementar medidas. Depende também do comportamento das pessoas. Saúde.