Tempo
|
A+ / A-

Prisão de Chaves com 11 casos ativos de Covid-19, há 30 infetados no sistema prisional

17 set, 2020 - 11:17 • Liliana Monteiro

Neste momento há 11 trabalhadores e 19 reclusos infetados, adianta Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

A+ / A-

O Estabelecimento Prisional de Chaves tem 11 casos ativos de Covid-19, seis dos quais trabalhadores, que estão em isolamento em casa, e cinco reclusos, que estão internados no Estabelecimento Prisional do Porto, adiantou esta quinta-feira a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Neste momento, há 30 casos de infeção por Covid-19 em todo o sistema prisional, dos quais 11 são trabalhadores e 19 são reclusos.

“São 11 trabalhadores, que estão nos respetivos domicílios a serem acompanhados pelas autoridades de saúde pública, destes seis são do Estabelecimento Prisional de Chaves (três civis e três da guarda prisional), três auxiliares de ação médica do Hospital Prisional, um guarda prisional do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo (feminino) e um auxiliar de cozinha de empresa privada que presta serviço no Estabelecimento Prisional da Carregueira”, adianta a DGRSP à Renascença.

Quanto aos reclusos, “cinco são do Estabelecimento Prisional de Chaves que, embora assintomáticos, estão internados nos serviços clínicos do Estabelecimento Prisional do Porto em espaço especificamente destinado a doentes Covid-19".

De resto, há "14 reclusos internados no espaço reservado a estes doentes no Hospital Prisional de São João de Deus em Caxias", sendo que "seis são afetos ao Estabelecimento Prisional de Lisboa, onde deram entrada vindos da rua e entregues por órgãos de polícia criminal, quatro são do Estabelecimento Prisional de Caxias e quatro do Hospital Prisional”.

À exceção do Estabelecimento Prisional de Chaves, onde as visitas estão suspensas devido aos casos de Covid-19 já detetados, “as visitas estão a decorrer normalmente em todos os estabelecimentos prisionais e centros educativos, seguindo os critérios sanitários que preveem marcação prévia, numero limitado de visitantes, uso de equipamento de proteção individual e separação física garantida por cabines”, acrescenta a DGRSP.

[notícia atualizada às 16h]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.