|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Marcelo preocupado com perceção se estiverem 50 mil pessoas em outubro em Fátima

15 set, 2020 - 23:26 • Redação

Chefe de Estado voltou a alertar para os riscos de grandes ajuntamentos.

A+ / A-

Veja também:


A presença de 50 mil pessoas em Fátima, no 13 de outubro, pode criar o mesmo problema de perceção identificado pelo Presidente da República quanto à Festa do Avante. O receio é de Marcelo Rebelo de Sousa que, apesar de acreditar na eficácia das recomendações da DGS e no respeito dos responsáveis do Santuário pelas regras sanitárias, lembra o atual momento da pandemia - com o número de casos a subir.

O Chefe de Estado, no Porto, diz que espera estar enganado - tal como referiu em relação ao evento organizado pelo PCP.

“Pude ler, examinar e verificar que foi muito grande o cuidado do Partido Comunista Português para cumprir as regras sanitárias. O que eu disse foi outra coisa: uma coisa é isso, outra coisa é a perceção externa que se dá no momento direto. A minha preocupação é que a perceção fosse uma perceção não tão positiva quanto a da DGS e a do PCP”, referiu.

Para Marcelo, “reunir 50 mil pessoas no dia 13 de outubro em Fátima” é uma realidade que o preocupa. “Deus queira que me engane”, acrescentou, deixando claro que a questão que o preocupa não se prende com o incumprimento das regras sanitárias ou que não haja um grande esforço da organização, mas a perceção desse ajuntamento na sociedade.

Marcelo aproveitou para lembrar que “há 400, 500, 600 – ligeiramente mais, ligeiramente menos - casos novos [de covid-19] por dia”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • lv
    16 set, 2020 Loures 14:45
    O "Emplastro" e as suas perceções....