Tempo
|
A+ / A-

Caso positivo deixa escola básica de Braga sem professoras titulares de turma

16 set, 2020 - 14:50 • Lusa

Isolamento das docentes terá de ser feito até 25 de setembro. Agrupamento apelar para que os alunos do 1.º ano da escola fiquem em casa, se tiverem condições para isso.

A+ / A-

Veja também:


A escola básica de S. Mamede, em Braga, está provisoriamente sem professoras titulares de turma, depois de uma ter testado positivo à Covid-19 e as outras três terem sido colocadas em isolamento profilático, disse esta quarta-feira a diretora do agrupamento.

Em declarações à Lusa, Hortense Santos, do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, disse que uma outra professora não titular de turma está igualmente em isolamento profilático.

Um isolamento que, até ver, durará até 25 de setembro.

A situação compromete o "normal" arranque das atividades letivas, previstas para quinta-feira, estando o agrupamento a apelar para que os alunos do 1.º ano da EB1 de S. Mamede fiquem em casa, se tiverem condições para isso.

"Para os que não puderem ficar em casa, será ativada a componente de apoio à família", referiu Hortense Santos.

Entretanto, três professores do apoio educativo vão garantir, na escola, o acompanhamento das crianças das turmas do 2.º, 3.º e 4.º anos, até à normalização da atual situação.

"Só temos três professores disponíveis, houve que fazer opções", disse ainda a diretora do agrupamento.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 936.095 mortos e mais de 29,6 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.