|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Huelva

Covid-19. Espanha fecha escola devido a dois professores infetados

15 set, 2020 - 10:00 • Sofia Freitas Moreira com agências

Trata-se de dois professores do ensino secundário, que não terão mantido contacto com nenhum dos seus alunos, uma vez que o início das aulas daquela escola estava marcado para esta terça-feira.

A+ / A-

Veja também:


A direção do colégio Juan Luis Vives, em Huelva, Espanha, decidiu fechar portas como medida preventiva, depois de dois professores da instituição terem testado positivo para a Covid-19.

O colégio, que inclui ensino infantil, primário e secundário, aguarda por instruções das autoridades sanitárias espanholas, avança o El Huffpost e a agência EFE.

Segundo a direção da instituição, os casos positivos de infeção foram reportados na segunda-feira, por volta do meio-dia. Tratam-se de dois professores do ensino secundário, que não terão mantido contacto com nenhum dos seus alunos, uma vez que o início das aulas estava marcado para esta terça-feira.

Depois de contactar as autoridades de saúde e de não obter nenhuma instrução concreta, a diretora da instituição decidiu adotar uma série de medidas preventivas.

Os alunos da escola não voltarão a ter aulas presenciais, até que todo o corpo docente tenha a certeza de que está livre do contágio pelo novo coronavírus.

A escola vai manter estas medidas enquanto aguarda por orientações das autoridades sanitárias. Alternativamente, serão limpas e desinfetadas todas as salas de aulas, corredores, casas de banho e outras salas onde tenha estado presente qualquer membro do corpo docente da instituição.

[notícia atualizada às 14h de 16/09]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.