|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

"Maldição" Zivkovic. Benfica perde com PAOK e está fora da Liga dos Campeões

15 set, 2020 - 17:50 • Inês Braga Sampaio

PAOK 2-1 Benfica. Duro revés para a equipa de Jorge Jesus, que investiu 82 milhões de euros em reforços e, agora, fica sem os milhões da Champions. O Benfica foi superior durante quase todo o jogo, mas caiu aos pés de dois Zivkovic: o guarda-redes, que defendeu quase tudo, e o ex-Benfica, autor do segundo golo grego, que deu a vitória ao PAOK de Abel Ferreira.

A+ / A-
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 15 set, 2020 22:34
    Nos anos 50, era normal haver nas Cidades, Vilas e Aldeias, as chamadas TABERNAS ou Tascas. Hoje com a evolução dos tempos, esses locais passaram a Restaurantes. Era aí que se comiam os bons petiscos e também as feijoadas ou então um bom cozido Português. Mas em muitas TASCAS, espaços mais pequenos e mais humildes que as TABERNAS, não só se bebia ou comia. Era aí que muitos Homens, Homens de verdade, se dedicavam a passar o tempo com o jogo das cartas. Jogavam a sueca, a bisca e o xincalhao ou chincalhao, como quiserem. Todos estes JOGOS eram jogados por BONS JOGADORES. Mas havia uns melhores que outros, pois quanto menos se pensava lá estavam eles a fazer SINAIS. É, é verdade, um bom jogador sem que o adversário se aperceba, deve dar sinal ao parceiro, para assim poder ganhar. Caso não saiba, arriscasse a PERDER. Numa dessas Tascas, na altura no início do TOTOBOLA, o Tasqueiro, num Domingo ao ouvir o resultado do Totobola viu que tinha um ONZE. Inicialmente o Totobola só tinha DOZE JOGOS. Pensando que tinha ali uma fortuna, colocou no balcão os CACOILOS dos petiscos, acompanhados de broa e CANECAS de vinho. Na época, essa TASCA era a MELHOR. A mais FALADA. As outras estavam quase sempre vazias. No dia seguinte, segunda feira, quando foi receber o ONZE é que foram ELAS. O ONZE não tinha valor que pagasse a despesa feita no dia anterior. Foi o diabo lá em casa. A partir daí essa TASCA entrou em CRISE e as OUTRAS deram cartas. Boa e Santa noite, para quem puder DORMIR.
  • Cidadao
    15 set, 2020 Lisboa 21:23
    Não há "maldição" nenhuma, isso não existe. Nem a do Guttemann nem a do zivkovic. Aquilo a que chamam "maldição", é umas vezes a Lei do mais Forte, outras vezes são erros de palmatória, outras ainda incapacidades várias. Como esta noite, onde depois de dominarem o jogo, deixaram-se perder sem honra nem glória e disseram adeus à Champions sem lá terem entrado sequer. À Champions e às dezenas de milhões de euros que iriam ser muito úteis para pagar os salários milionários duma equipa técnica paga a peso de ouro, e de jogadores que para virem para cá ajudar a ganhar eleições, têm um ordenado apenas e só incomportável para Ligas Europas e Campeonatos sem público. O Vieira ou quem o substituir em Outubro, têm um bico-de-obra pela frente. A menos claro, que vendam a equipa enquanto o Mercado está aberto. Mas aí, jogam com quem?