Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

PSP do Porto instaura 23 autos por consumo de bebidas na via pública

12 set, 2020 - 12:11 • Lusa

PSP avisa que vai manter ações similares "no contexto da atual situação epidemiológica". Foi ainda instaurado um auto de contraordenação por violação das regras de funcionamento dos estabelecimentos.

A+ / A-

Veja também:


A PSP do Porto elaborou 23 autos de contraordenação por consumo de bebidas na via pública entre as 22h00 de sexta-feira e as 03h00 deste sábado, avisando que vai manter ações similares "no contexto da atual situação epidemiológica".

Em comunicado, a PSP afirma ter elaborado, no mesmo período e na mesma operação, realizada na Baixa do Porto, um auto de contraordenação por violação das regras de funcionamento dos estabelecimentos.

"A PSP, no contexto da atual situação epidemiológica, continuará a proceder a ações de fiscalização e de aconselhamento sobre as medidas e normativos de proteção e segurança dos cidadãos", afiança o Comando Metropolitano do Porto daquela força policial.

Os autos de contraordenação agora anunciados relacionado com o chamado "botellón" (ajuntamento de jovens para convívio e consumo de álcool) somam-se a 20 outros por consumo de bebidas na via pública, elaborados na mesma zona entre as 22h00 de quinta-feira e as 02h30 do dia seguinte.

A pandemia da Covid-19 já provocou 1.855 mortes dos 62.813 casos de infeção confirmados e o Governo anunciou que a partir da próxima terça-feira Portugal Continental volta ao estado de contingência de forma a combater o aumento do número de casos de Covid-19.

Fixa-se assim um novo conjunto de medidas que inclui a proibição do consumo de bebidas alcoólicas na via pública para evitar ajuntamentos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.