Tempo
|
A+ / A-

D. António Marto. “O Santuário tudo fará para ser a solução e nunca um problema”

10 set, 2020 - 08:55 • Olímpia Mairos

Bispo de Leiria-Fátima divulga mensagem de “serenidade, gratidão e confiança” para tranquilizar todos os colaboradores e peregrinos, na sequência das notícias sobre despedimentos num contexto de reestruturação.

A+ / A-

“O Santuário tudo fará para ser a solução e nunca um problema e muito menos contribuir para agravar os problemas que já existem”. A garantia é dada por D. António Marto, na sequência das notícias sobre despedimentos no Santuário de Fátima, no contexto de reestruturação.

O bispo de Leiria-Fátima dirige uma mensagem vídeo a todos os colaboradores, peregrinos e amigos do santuário, manifestando a sua “tristeza” pelas notícias que têm vindo a público e que causaram “um clima de perturbação” na população.

Aproveita para transmitir uma palavra de “serenidade, de gratidão e de confiança para tranquilizar todos os colaboradores e peregrinos”.

Como responsável pelo santuário, D. António Marto diz acompanhar “de perto todas as ações da reitoria”, assegurando que em momento algum sentiu que “as opções tomadas, alguma vez pudessem prejudicar o cumprimento integral na missão do Santuário ou afastar-se dos princípios da Doutrina Social da Igreja, bem pelo contrário”.

O bispo de Leiria-Fátima lembra o comunicado do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, desta terça-feira, que manifesta a “sua sintonia com as orientações do Santuário e o apreço pelo trabalho realizado, com repercussões a nível nacional e internacional, e a satisfação pelo facto de não haver despedimentos dos seus funcionários”.

“O sentido pastoral no acolhimento dos peregrinos, o empenho no anúncio e difusão da Mensagem de Fátima, o profundo sentido evangélico com que aqui se desempenham todas e cada uma das atividades empelem-me em deixar esta minha palavra pessoal de apreço, gratidão, confiança e solidariedade para com todos os trabalhadores, os voluntários e para com toda a equipa de responsáveis que os dirige”, afirma.

Dirigindo-se aos responsáveis pelo Santuário de Fátima, o cardeal D. António Marto afirma que “é a vossa competência e sentido de missão que fazem desta casa a casa de tantos e tantos peregrinos”.

“Sois a face de uma Igreja missionária que acolhe, que consola, que cura feridas. Convosco tudo faremos para que o Santuário continue a ser o sustento para os que aqui trabalham e o alento para os que o procuram”, assegura.

“Aos peregrinos e amigos de Fátima”, D. António Marto agradece de coração “as inúmeras e sensibilizadas manifestações de apoio e solidariedade”.

“Tudo faremos para continuar a merecê-las. A Cova da Iria será sempre um lugar especial que guardais nos vossos corações”, conclui o bispo de Leiria-Fátima.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.