Tempo
|
A+ / A-

​Cáritas de Coimbra quer "regresso às aulas com estilo" e solidário

10 set, 2020 - 15:43 • Ana Lisboa

Através da venda de máscaras para os mais novos, a instituição vai ajudar as famílias mais carenciadas afetadas pela pandemia da Covid-19.

A+ / A-

Com a aproximação do regresso às aulas, a Cáritas Diocesana de Coimbra está a realizar uma campanha solidária até ao próximo dia 4 de outubro.

Intitulada "Regresso às aulas com estilo", a iniciativa consiste na venda de máscaras para crianças e jovens. O custo de cada é de três euros.

O dinheiro conseguido com a venda das máscaras vai servir para esta instituição da Igreja Católica "angariar recursos para ajudar as famílias carenciadas em decorrência da pandemia da Covid-19", afirma a diretora técnica do Centro Comunitário de Inserção da Cáritas.

Cristina Melo especifica que as verbas vão servir "para a compra de produtos alimentares, de higiene e ainda material escolar".

Serão ajudadas "as famílias já acompanhadas no nosso serviço ou encaminhadas por outros serviços e instituições", acrescenta.

Com esta campanha, a Cáritas Diocesana de Coimbra aproveita para lembrar aos pais que esta é uma campanha que visa contribuir para a proteção dos seus filhos e ainda “envolvê-los no espírito solidário ao contribuir para que também o regresso às aulas das crianças e jovens das famílias em situação de carência económica e social, devido à pandemia da Covid-19, seja mais confortável”.

Este evento não alerta só os mais novos para a importância da solidariedade, mas "sensibiliza todas as pessoas a olhar para a população carenciada, a ajudar quem precisa, bem como fomentar a responsabilidade social", admite esta responsável.

Quem quiser contribuir para esta ação solidária pode fazê-lo de várias formas: através do e-mail ccinsercao@caritascoimbra.pt ou pelo telefone 239 855 840. O levantamento das máscaras é feito no Centro Comunitário de Inserção da Cáritas de Coimbra situado na Rua Direita, 101, na Baixa da cidade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.