Rui Pinto: "Fui alvo de uma campanha de calúnia e difamação"

04 set, 2020 - 14:04 • Imagem: Reuters

Aos 31 anos, o alegado "hacker" português responde por um total de 90 crimes. O julgamento de Rui Pinto começou esta sexta-feira no Campus da Justiça, em Lisboa, sob um forte aparato polícial e com a presença de alguns apoiantes que pedem a sua libertação. Apenas 12 jornalistas podem estar presentes na sessão e não podem usar telemóvel nem computador.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.