|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Future Female Founders impulsiona mulheres para “liderarem empresas”

02 set, 2020 - 16:05 • Redação

O programa, em formato virtual, pretende contribuir para aumentar o número de mulheres que criam e lideram empresas, em Portugal.

A+ / A-

Apoiar mulheres a desenvolverem ideias de negócio é o mote do programa virtual “Future Female Founders”, desenvolvido pela Portuguese Women in Tech. A iniciativa é um programa de pré-aceleração que pretende ajudar mulheres na criação das próprias empresas.

A co-fundadora da Portuguese Women in Tech Inês Santos Silva considera que o programa “ é um primeiro passo para darmos resposta a um problema que está amplamente identificado: o reduzido número de mulheres que criam e lideram empresas, em Portugal”.

O programa, que conta com o apoio do ScaleUp Porto, divide-se em três fases. “Com uma combinação de networking, inspiração e capacitação, vamos criar as bases para que mais mulheres criem os seus negócios, com uma comunidade forte de apoio”, esclarece Inês Santos Silva,

Ao longo do programa, as 20 participantes vão ter acesso a formações e mentorias com o objetivo de desbloquear ideias de negócio inovadoras. BMC, lean startup, sessões de pitch, prototipagem e beta testing, marketing digital, vendas, storytelling e acesso a investidores serão alguns dos temas explorado ao longo projeto.

O programa vai ocorrer em formato virtual, com a apresentação dos projetos finais a serem presenciais. As inscrições estão abertas até dia 20 de setembro e podem ser realizadas no site da Portuguese Women in Tech. A iniciativa vai ter a duração de um mês, começando no dia 10 de outubro e terminado no dia 14 de novembro.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.