Tempo
|
A+ / A-

Extinto incêndio em Baião

30 ago, 2020 - 10:27 • Marta Grosso , Anabela Góis

Frio da madrugada deu uma ajuda, apesar do vento forte. Bombeiros vão continuar de vigilância.

A+ / A-

Foi extinto o incêndio que, desde sábado, lavrava em Baião, no distrito do Porto. O dispositivo começa agora a ser desmobilizado, mas vai continuar uma equipa no local.

“Neste momento, vão ficar aqui 25 homens mais um elemento de comando”, refere Alexandre Pinto, adjunto de comando, à Renascença.

“O incêndio mantém-se em vigilância ativa por prevenção, não vá haver algum tipo de reativação”, estando neste momento “todo o perímetro do incêndio consolidado”.

Para que assim se mantenham, fica no local uma equipa de vigilância, até porque a temperatura deverá aumentar durante o dia e “as encostas são viradas a Sul. A parte da tarde será sempre uma altura de maior risco”.

Durante a noite, a principal dificuldade foi o vento. “As mínimas estiveram bastante baixas, é uma zona de bastante altitude e, portanto, a temperatura durante a noite baixou muito, mas tivemos muito vento, o que teve muita influência na propagação do incêndio”, explica o adjunto de comando.

“O vento diminuiu depois da madrugada e pelo amanhecer”, o que permitiu a extinção das chamas, acrescenta Alexandre Pinto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.