Tempo
|
A+ / A-

SIC exige indemnização de 20 milhões. ​Cristina Ferreira já respondeu

19 ago, 2020 - 16:32

Apresentadora que se transferiu para a TVI mostra-se surpreendida com a posição agora assumida pela SIC e garante que vai recorrer até às "últimas instâncias".

A+ / A-

A estação de televisão SIC exige a Cristina Ferreira uma indemnização de 20 milhões de euros pela rescisão unilateral de contrato e transferência para a concorrente TVI.

A apresentadora confirma, em comunicado citado esta quarta-feira pelo “Diário de Notícias”, ter sido interpelada pela SIC para o “pagamento de uma indemnização por lucros cessantes no valor de cerca de 20 milhões de euros".

Cristina Ferreira garante que não tem qualquer intenção de pagar a verba exigida pela estação de Carnaxide e explica porquê.

"Gostaria apenas de esclarecer que a referida quantia não tem qualquer fundamento ou base contratual, pelo que refuto em absoluto a pretensão daquela entidade, estando disposta a assegurar e defender os meus interesses até às últimas instâncias", declarou a estrela da televisão.

Cristina Ferreira mostra-se surpreendida com a posição agora assumida pela SIC, uma “estação que tem assente a sua comunicação numa estratégia de funcionamento em equipa e liderança de audiências, nunca assente numa só pessoa", conclui a apresentadora.

O jornal “Correio da Manhã” avançou esta quarta-feira que o pedido de indemnização de 20,2 milhões de euros foi enviado esta semana pela SIC. A estação dá 15 dias a Cristina Ferreira para efetuar o pagamento ou apresentar um plano para saldar a dívida, adianta fonte próxima do processo disse à agência Lusa.

A surpreendente saída de Cristina Ferreira da SIC para regressar à TVI foi conhecida a 17 de julho e abalou o universo da comunicação e do entretenimento nacional.

Dois anos depois de ter causado sensação ao ser apresentada pela SIC, abandonando precisamente a TVI, a estrela da televisão portuguesa regressa, mas desta vez como acionista da Media Capital.

Na altura, a estação de Carnaxide reagiu, manifestando "desilusão". A SIC mostrou-se desde logo insatisfeita perante uma decisão que considerou ser “abrupta e surpreendente”.

Os contornos legais da decisão de Cristina Ferreira de pôr termo ao seu contrato de forma unilateral não são ainda claros, mas a SIC avisa que “reserva todos os seus direitos em face desta situação”. Agora, a estação de Carnaxide avança com um pedido de indemnização milionário.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    20 ago, 2020 aldeia 20:02
    Vamos ver quem ganha esta "telenovela"!.........
  • Anónimo
    19 ago, 2020 19:06
    A SIC está é toda ganzada...