Tempo
|
A+ / A-

Reino Unido

Três mortos em descarrilamento de comboio na Escócia

12 ago, 2020 - 12:24 • Sofia Freitas Moreira , Daniela Espírito Santo com Reuters

Seis pessoas ficaram feridas. Primeira-ministra escocesa fala num acidente "extremamente grave", que poderá ter sido causado por deslizamento de terras.

A+ / A-

Pelo menos três pessoas morreram na sequência de um descarrilamento de um comboio esta quarta-feira em Stonehaven, a cerca de 20 quilómetros da cidade de Aberdeen, na Escócia.

A informação foi confirmada pela polícia local durante a tarde desta quarta-feira. "Apesar dos melhores esforços por parte das equipas médicas, três pessoas morreram", adiantaram as autoridades.

Uma das vítimas é o maquinista. Seis pessoas ficaram feridas no acidente, embora sem gravidade.

O alerta foi dado às 09h43. No local do acidente, uma zona de difícil acesso, prejudicado pelas fortes chuvadas que se têm verificado na região, estiveram pelo menos trinta veículos de emergência e um helicóptero de emergência médica também foi acionado.

Várias equipas de resgate continuam no local, para garantir que nenhum passageiro fica por resgatar, apesar das autoridades acreditarem que, a bordo, seguiriam apenas nove pessoas.

"Compreendo que muita gente tenha questões para nos colocar e iremos colaborar com as investigações para estabelecer as circunstâncias que causaram este descarrilamento", adianta o chefe da polícia local, Eddie Wylie, numa declaração pública feita já na tarde desta quarta-feira.

No Twitter, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, lamentou o "grave acidente" e agradeceu às equipas de emergência médica.

As primeiras imagens mostravam uma coluna de fumo no local onde se encontra o aparelho e um forte dispositivo de bombeiros.

A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, já se pronunciou sobre o incidente, que rotulou de "extremamente grave". No Parlamento, em Edimburgo, ainda durante a manhã, avançou a possibilidade de haver vítimas.

Deslizamento de terras poderá estar na origem do acidente

Segundo a BBC, o comboio era composto por duas locomotivas e quatro carruagens de passageiros. A locomotiva frontal, que conduziria o aparelho, bem como três das carruagens de passageiros terão descarrilado, parando no leito de um rio.

A Escócia tem sido afetada por fortes chuvadas, sendo que algumas das linhas de comboio tinham sido encerradas devido a inundações e quedas de árvores. Desconhece-se, no entanto, o estado da linha onde circulava o comboio em questão, bem como as causas do acidente, embora alguns meios avancem que um deslizamento de terras poderá estar na origem no descarrilamento.

O Reino Unido tem uma das mais baixas taxas de fatalidade em acidentes do género, de acordo com dados do Eurostat. O pior acidente ferroviário em solo britânico data de 1999, altura em que dois comboios colidiram em Londres, causando a morte a 31 pessoas. Dois anos depois, em Yorkshire, 10 pessoas morreram quando um carro atravessou uma linha e foi abalroado por dois comboios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+