|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Incêndios

Incêndio de Sernancelhe dirige-se de forma descontrolada para Aguiar da Beira

07 ago, 2020 - 01:00 • Lusa

O fogo tem ainda quatro frentes ativas e está a ser combatido por 386 operacionais, apoiados por 117 veículos.

A+ / A-

O incêndio que deflagrou às 12h02 de quinta-feira em Sernancelhe (Viseu) tinha pelas 00h00 quatro frentes ativas, uma das quais se dirigia descontrolada para o município vizinho de Aguiar da Beira, disse à Lusa o presidente da câmara.

“O fogo está a decorrer com muita intensidade. Há uma frente que caminha de forma descontrolada para o município vizinho de Aguiar da Beira”, afirmou Carlos Silva Santiago à agência Lusa.

O autarca admitiu ainda que uma outra frente, que estava junto às localidades de Penso e de Vila da Ponte, também eram “foco de preocupação” por causa de “algumas habitações”.

Quanto às condições no terreno, Carlos Silva Santiago indicou que “não há muito vento, a temperatura baixou e há alguma humidade”, o que poderá permitir “um melhor combate” ao fogo.

Durante a tarde de quinta-feira, este incêndio obrigou ao corte da Estrada Nacional 226, que às 00h30 ainda continuava interdita ao trânsito, segundo fonte do Comando Geral da GNR.

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, às 00h30 estavam no local 386 operacionais, apoiados por 117 veículos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.