|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Incêndio em Sernancelhe obriga à retirada de idosos de algumas aldeias

06 ago, 2020 - 19:17 • Lusa

Vento forte, bem como terreno acidentado e irregular, estão a dificultar os trabalhos dos bombeiros. Comandante espera que "diminuição do vento com o aproximar da noite" possa ajudar.

A+ / A-

Um total de 349 operacionais, auxiliados por 106 veículos, combatiam às 22h27 desta quinta-feira o incêndio de Sernancelhe, distrito de Viseu, onde já foram retiradas pessoas idosas de algumas aldeias para lugares mais seguros, informou à agência Lusa o comandante distrital da Proteção Civil.

A Estrada Nacional (EN) 226 está cortada por causa das chamas.

Esta quinta-feira foi um dia muito complicado para as autoridades, que tiveram de lidar com vários incêndios.

"O incêndio está ativo, há muito vento em constantes mudanças de rumo e há aldeias no sentido de progressão do incêndio. Estamos, neste momento, a reposicionar meios para salvaguardar essas aldeias de onde já foram retiradas pessoas idosas para lugares seguros", relatou o responsável do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu.

Miguel Ângelo David adiantou que estão também a ser "feitos trabalhos com maquinarias para abrir acessibilidades para combater o incêndio", uma vez, além do vento forte, há dificuldades com "o terreno acidentado e irregular".

O comandante disse ainda que "há esperança de diminuição do vento com o aproximar da noite - pelo menos são essas as previsões, de um ligeiro abrandamento e [vento] mais constante".

O alerta deste fogo em mato, pinhal e fenos foi dado às 12h02.

O presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe contou à agência Lusa que o incêndio "está essencialmente em Carregal, Lapa, Penso e Vila da Ponte, ou seja, são as freguesias de maior risco".

"Estivemos na iminência de evacuar a aldeia de Santo Estêvão, na freguesia de Carregal, mas acabou por não ser necessário. Estamos preparados, com todos os meios, para o fazer a qualquer momento. Vai depender muito do vento e do rumo do incêndio", explicou Carlos Silva Santiago.

[Notícia atualizada às 22h29]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.