|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Festa do Avante! em tempo Covid. DGS admite "eventuais ajustes"

05 ago, 2020 - 17:45 • Paula Caeiro Varela , Cristina Nascimento

PCP já apresentou às autoridades de saúde propostas para a realização da Festa do Avante!.

A+ / A-

Veja também:


A Direcção-Geral da Saúde (DGS) já recebeu o documento para a organização da Festa do Avante! e vai agora avaliar a necessidade de "eventuais ajustes".

"Haverá possibilidade que haja uma primeira apreciação, que essa apreciação possa ser apresentada à comissão organizadora e ter um diálogo com essa mesma comissão organizadora para eventuais ajustes relativamente às propostas que foram remetidas nos diferentes documentos por essa mesma comissão, no sentido de perceber qual é, de facto, a forma de minimização de risco relativamente a qualquer tipo de evento", disse aos jornalistas o sub-diretor Geral da Saúde, Rui Portugal.

Rui Portugal lembrou que "todos os eventos têm as suas particularidades, quer em relação ao tempo que decorrem, ao tipo de pessoas que frequentam e às características epidemiológicas que o pais ocorre, quer em termos gerais, quer em termos locais, num determinado momento" e que a decisão sobre a realização deste tipo de eventos é tomada "caso a caso".

Segundo a organização, o recinto da festa do Avante!, entre 4 e 6 de setembro, no Seixal, vai ter mais 10 mil metros quadrados de espaço disponível, para cumprir as regras de distanciamento social. No total, serão 300 mil metros quadrados, correspondentes a 30 campos de futebol.

O PCP instituiu também a figura dos “assistentes de plateia” para apoiarem os espectadores e fazerem respeitar as regras das autoridades sanitárias e vai promover os pagamentos sem contacto com cartões de débito ou crédito, a fim de haver menos possibilidade de contágio pelo novo coronavírus.

No entanto, a organização não limitou a venda de bilhetes para o evento que, habitualmente, costuma receber cerca de 100 mil pessoas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.