|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Rui Almeida quer estabilizar o Gil Vicente na I Liga

05 ago, 2020 - 13:14 • Redação

Novo treinador gilista explica o que o levou a aceitar o desafio e assume que não quer ver o Gil a lutar sempre pela manutenção.

A+ / A-

Rui Almeida pretende tornar o Gil Vicente um clube estável de I Liga, que não lute todas as épocas apenas pela manutenção.

Na apresentação como novo técnico gilista, o sucessor de Vítor Oliveira assumiu que "o objetivo primário é consolidar a estabilidade do clube".

"É fundamental o clube estar estável e não andar apenas a lutar pela manutenção. Mas isso demora algum tempo", reconheceu.

Sobre a decisão de deixar França, onde treinava há cinco anos, para regressar a Portugal, Rui Almeida explicou que tudo se baseou na visão que a direção do Gil Vicente lhe proporcionou para o futuro do clube:

"Foi um desafio que me lançaram. Sou português e quando me falaram neste projeto, a atração foi enorme, pela forma como me explicaram o Gil Vicente, a ideia que tinham para as próximas épocas. Foi fundamental o equilíbrio e estabilidade emocional do clube e das pessoas do clube."

Rui Almeida chega a um campeonato português "competitivo, com um nível de jogadores e treinadores elevado". "É preciso estarmos preparados para esta dificuldade", avisou o treinador, de 50 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.