Líbano

Os estragos provocados pela explosão. “É como se um enorme terramoto tivesse atingido Beirute. Estou sem palavras”

05 ago, 2020 - 17:05 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Uma forte explosão abalou, na terça-feira à tarde, a capital do Líbano, Beirute. Os mais recentes números, atualizados pela Cruz Vermelha local, dão conta de 100 mortos e perto de quatro mil feridos, tendo sido declarado o estado de emergência por duas semanas no país. “É como se um enorme terramoto tivesse atingido o Líbano e Beirute, e isto vai custar bilhões de dólares para restaurar. A economia vai deteriorar-se ainda mais”, dizia o autarca de Beirute, Jamal Itani, enquanto caminhava pelas ruas despedaçadas da capital libanesa, esta quarta-feira de manhã.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.