Tempo
|
A+ / A-

Grêmio confirma reunião com Benfica por Cebolinha

04 ago, 2020 - 16:22 • Redação

Presidente do clube brasileiro não dá pormenores sobre negócio, mas abre a porta a conversas sobre extremo.

A+ / A-

Benfica e Grêmio vão discutir, esta terça-feira, a eventual transferência de Everton “Cebolinha” para a Luz.

A confirmação das negociações foi deixada pelo próprio presidente do clube brasileiro.

"De momento não há nada. Agora, às 12h00, quando eu chegar no hotel, vou ter mais informações. Deixem as coisas acontecerem naturalmente. O que há de concreto é que, sim, vamos receber uma delegação do Benfica", referiu Romildo Junior à Rádio Bandeirantes.

Na noite de quarta para quinta-feira, o Grêmio volta a entrar em campo e vai defrontar o Internacional. O líder do clube não garante que Everton jogue.

“Se ele vai jogar o Gre-Nal ou não, não há como dizer, pois não há nada concreto sobre nada”, acrescentou.

O extremo internacional brasileiro pode ser uma das contratações do novo Benfica, mas vai ser necessário abrir os cordões à bolsa. O Grêmio tem pedido 30 milhões de euros para começar a conversar.

O jornal Globo Esporte garante que o Benfica está muito próximo de garantir a contratação depois de, alegadamente, ter avançado com uma proposta de 22 milhões de euros. A dividir os dois clubes estará ainda o prazo de pagamento, querendo os encarnados espalhar por cinco anos, que seriam os anos de contrato com o atleta na Luz.

[atualizado às 19h33, com números da Globo Esporte]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.