Tempo
|
A+ / A-

Setúbal celebra a cultura com Festival Internacional de Teatro

03 ago, 2020 - 18:22 • Rosário Silva

Espetáculos, música e uma exposição constituem a programação da edição 22, da Festa do Teatro. Arranca a 21 de agosto e vai cumprir todas as medidas de segurança obrigatórias devido à Covid-19.

A+ / A-

O Festival Internacional de Teatro de Setúbal está de volta, entre os dias 21 e 29 de agosto, com espetáculos, concertos e uma exposição em vários equipamentos e espaços públicos da cidade.

Organizado pelo Teatro Estúdio Fontenova, em parceria com a Câmara Municipal, a Festa do Teatro 2020, na sua 22.ª edição, vai apresentar cerca de três dezenas de atividades, com destaque para duas estreias de espetáculos.

O evento continua a ser, de acordo com a presidente do município, Maria das Dores Meira, um “palco de consistente formação de públicos, de promoção e divulgação de novos valores e facilitação do acesso à cultura a todos”.

Na apresentação do certame, a autarca realçou a importância do envolvimento da comunidade local no festival, considerando-a, “absolutamente fundamental” para incentivar e sensibilizar as gerações futuras, para as áreas do teatro e da cultura.

Espetáculos cénicos, atuações musicais e uma exposição compõem a programação da edição deste ano, que inclui, igualmente, atividades paralelas, como como a manufatura e a venda de máscaras de proteção individual, alternativas e personalizáveis, dentro do contexto pandémico que se vive.

Para a presidente da autarquia sadina, o desafio passa por “repensar a forma de criar e fazer cultura, numa cidade que continua em movimento”, apesar das circunstâncias atuais.

Este ano, há mudanças que se traduzem no cumprimento obrigatório de regras de prevenção da pandemia. Apesar de tudo, permanece a vontade de “voltar a pisar o palco, tocar e abraçar”, confessa, José Maria Dias, diretor artístico do festival.

Segundo este responsável, existe um “sentimento forte” de quem se associa à organização do certame, tendo em conta que esta edição vai incluir, “na programação e na equipa, trabalhadores das artes da nossa comunidade, aos quais possamos contribuir um pouco mais para a sua sustentabilidade”.

A estreia de “Amores na Clandestinidade”, da companhia Hotel Europa, no dia 26 de agosto, bem como a participação de companhias como o Teatro do Nordeste, Teatro Extremo e Companhia Mascarenhas-Martins, que marcam presença no evento pela primeira vez, são destaques de uma programação que reserva para o próximo ano, a participação de companhias internacionais, impedidas de marcar presença, este ano, por causa da covid-19.

O Jardim Multissensorial das Energias, o Fórum Municipal Luísa Todi, a Casa da Cultura, o Parque do Bonfim, a Escola Secundária Sebastião da Gama, o espaço A Gráfica (antigo Armazém Papéis do Sado), e a Casa da Baía, são os locais onde vão decorrer os espetáculos integrados neste Festival Internacional de Teatro de Setúbal.

“Todos os espetáculos estão sujeitos a bilhete, incluindo os de entrada livre, como medida de proteção de saúde pública”, revela a organização. Assim, para assegurar o cumprimento das medidas de salvaguarda da saúde e segurança públicas, o festival tem bilheteira aberta na Escola Secundária Sebastião da Gama, entre os dias 17 e 29 de agosto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.