Tempo
|
A+ / A-

Jorge Jesus apresentado esta segunda-feira como treinador do Benfica

03 ago, 2020 - 08:07 • Lusa

Cinco anos depois de ter saído, o técnico de 66 anos regressa ao clube das águias. No tempo em que esteve no Benfica, conquistou 10 títulos.

A+ / A-

Jorge Jesus vai ser apresentado nesta segunda-feira como treinador da equipa de futebol do Benfica, numa cerimónia no centro de estágios do clube, que terá a presença do presidente das “águias”, Luís Filipe Vieira.

A apresentação, no Seixal, acontecerá dois dias depois de o clube ter perdido a final da Taça de Portugal para o FC Porto (2-1), em Coimbra, no encontro que fechou oficialmente a época futebolística em Portugal.

Jorge Jesus, de 66 anos, está de regresso ao clube da Luz cinco anos depois de ter saído para o Sporting, tendo sido técnico principal do Benfica entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

Nas seis épocas em que comandou o Benfica, tornou-se no treinador com mais jogos (325) e mais vitórias (229) na história do clube.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e Sporting de Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos 'encarnados', que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado ainda pelo Al-Hilal antes de chegar ao Flamengo, no qual arrecadou seis troféus em pouco mais de um ano, entre os quais o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores.

Neste regresso à Luz, Jorge Jesus vai substituir o técnico interino Nélson Veríssimo, que assumiu o comando da formação benfiquista após a demissão de Bruno Lage.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Juíz Vermelho
    03 ago, 2020 Catedral da Luz 14:41
    Leia-se : " A última cartada do desesperado Luís Filipe Vieira, para tentar vencer as Eleições em Outubro". Agora tem finalmente uma lista credível a concorrer contra ele, e a lembrança de muitos, que foi ele com a sua politica desportiva de desinvestimento na equipa, para ir construir colégios e apartamentos de luxo, que nos fez perder um PentaCampeonato - oportunidade que tão cedo não reaparece - que nos últimos anos o Glorioso passou a ser o "GloriGozo na Europa" uma presa facil, uma sombra do que já foi, e internamente, deixou que o principal rival, falido e intervencionado, lhe tirasse títulos e viesse ganhar à Catedral. JJ até pode trazer de volta as vitórias. Até pode fazer com que Benfica vá à Champions. Mas para muita gente, onde eu me incluo, o que foi perdido (e como) atrás, não esquece.