Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Gaspar Ramos: "Esta será a vez que Jorge Jesus tem mais condições para ganhar"

03 ago, 2020 - 12:45 • José Barata

O antigo dirigente do Benfica considera que o FC Porto vai ficar mais debilitado por ter de vender jogadores, o que deixará o caminho aberto aos encarnados para conquistarem troféus.

A+ / A-

Gaspar Ramos, antigo responsável pelo futebol do Benfica, considera que o caminho das vitórias para os encarnados está mais perto, porque o FC Porto terá de se desfazer de jogadores para acertar as contas.

“O FC Porto terá de vender vários jogadores para se equilibrarem financeiramente e não sei com que jogadores poderão ficar para construir uma equipa com bom nível competitivo. Mesmo ficando com o Sérgio Conceição, o FC Porto ficará debilitado e, por isso, para Jorge Jesus será a vez em que está no Benfica com melhores condições para fazer bons resultados”, afirma, em entrevista a Bola Branca.

Gaspar Ramos diz que Jorge Jesus "será o treinador e o gestor de futebol". Terá de resolver "o grande problema" do clube nos últimos anos, a gestão do plantel "com medidas avulso", com "muitos equívocos".

“Têm-se tomado medidas hoje e amanhã desfazem-se, critérios que se utilizam hoje, amanhã esquecem-se. E com o Jesus já sabemos que ele vai reforçar a equipa com jogadores maduros e com condições de ganhar já, que é fundamental para o Benfica e também para Luís Filipe Vieira. Muita gente andava enganada, porque o Benfica tem alguns bons jogadores, mas tem de mudar substancialmente a equipa para poder ter níveis competitivos e ser uma equipa ganhadora”, avisa.

Formação entra no plantel se houver valor


Gaspar Ramos critica, ainda, a forma como tem sido feita a aposta nos jogadores da formação. O trabalho feito no Seixal "é fundamental" e "tem de ser continuado e melhorado, se possível", mas há um senão.

“A utilização do jogadores que de lá saem não pode ser feita como está. Os jogadores da formação entrarão na equipa se for um Félix, se forem jogadores que não têm a maturidade suficiente para se atingir os tais níveis competitivos têm de rodar. Entrar diretamente na equipa é um erro, e Jorge Jesus irá retificar a situação porque sabe o que é preciso para se ganhar”, sublinha o antigo dirigente benfiquista.

Luisão tem sido apontado como podendo fazer parte da estrutura do futebol. Gaspar Ramos duvida que o antigo jogador tenha condições para o fazer, recordando algumas atitudes enquanto jogador

“O Luisão foi um indivíduo que muitas vezes teve posturas muitos desagradáveis, sobretudo aquando da renovação dos seus contratos. E não sei o que se terá passado com outros treinadores, nomeadamente com Rui Vitória, por isso não sei se terá o perfil para isso. O Benfica deverá contratar para os seus quadros pessoas com competência, e não só por serem antigos jogadores e dar-lhe continuidade”, conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.