|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Balanço DGS. Portugal regista mais um morto e 153 novas infeções

02 ago, 2020 - 12:56 • Redação

Número de casos ativos volta a baixar, mas aumentou o número de pessoas internadas.

A+ / A-

Veja também:


O relatório diário da Direção-Geral de Saúde regista 1.738 óbitos (mais um em 24 horas) e 51.463 casos positivos pelo novo coronavírus (mais 153).

Com 92 dos 153 novos casos confirmados em Portugal, a Região de Lisboa e Vale do Tejo regista 60% das novas infeções.

Há também a assinalar 201 casos de recuperação nas últimas 24 horas, num total de 36.984.

Face a sábado foi registada uma subida das pessoas internadas: 278 (mais três), das quais 41 nos cuidados intensivos (mais um).

Em número de casos, a região de Lisboa e Vale do Tejo lidera, com 26.323, seguida pela região Norte (18.780, mais 38 casos), a região Centro (4.455, seis novos casos). O Alentejo tem mais sete casos (743) e o Algarve mais oito (887).

A Madeira regista mais dois casos do que no sábado, totalizando 108 casos, enquanto os Açores mantêm os 167 casos.

A região Norte continua a registar o maior número de mortes (828), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (606, mais um do que no sábado), o Centro (252), Alentejo (22), Algarve (15) e Açores (15). Na Madeira não há mortes registadas.

Segundo a Direção-Geral da Saúde, o óbito hoje contabilizado ocorreu na região de Lisboa e Vale do Tejo e a vítima encontra-se na faixa etária entre os 60 e os 69 anos.

Por faixas etárias, o maior número de óbitos concentra-se nas pessoas com mais de 80 anos (1.165), seguidas das que tinham entre 70 e 79 anos (337), entre 60 e 69 anos (155) e entre 50 e 59 anos (55). Há ainda 20 mortos registados entre os 40 e 49 anos, quatro entre os 30 e 39 e dois entre os 20 e 29 anos de idade.

Em termos globais, há mais infetados na faixa etária entre 40 e 49 anos (8.524), depois entre 30 e 39 anos (8.405), 20 e 29 anos (7.877), 50 a 59 anos (7.781), seguida das pessoas com mais de 80 anos (5.867).

As autoridades de saúde têm sob vigilância 36.148 pessoas, mais 487 relativamente a sábado, e 1.547 aguardam resultado laboratorial, menos 84.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 17,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.