Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Dinamarca levanta restrições a passageiros oriundos de Portugal

30 jul, 2020 - 19:15 • Filipe d'Avillez

O Ministério dos Negócios Estrangeiros considera que se trata de uma confirmação da forma transparente e eficiente como as autoridades portuguesas têm lidado com a pandemia.

A+ / A-

Veja também:


A Dinamarca retirou esta quinta-feira as restrições que tinham sido impostas a passageiros oriundos de Portugal.

A notícia foi avançada em comunicado, publicado no site do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

É mais um caso de um país europeu a levantar as restrições a passageiros vindos de Portugal, depois de Grécia, República Checa, Hungria, Malta, Roménia, Bélgica e Países Baixos terem já feito o mesmo.

A grande omissão continua a ser o Reino Unido, que exige a todos os que viajam a partir de Portugal que se mantenham em isolamento durante 14 dias.

Segundo o comunicado do MNE “estes factos corroboram o reconhecimento da transparência da informação fornecida pelo nosso país relativamente à evolução da situação epidemiológica, bem como da evidência da capacidade de resposta do nosso Serviço Nacional de Saúde, que em nenhum momento deixou de garantir acompanhamento às pessoas infetadas com Covid-19.”

“Reconhecem também a evolução positiva da situação epidemiológica em Portugal, nomeadamente a capacidade para testar em larga escala, detetar os casos positivos, controlar a sua transmissão e tratá-los da forma mais adequada”, conclui o documento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.