|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Veríssimo garante imunidade do plantel do Benfica às notícias de mercado

24 jul, 2020 - 13:47 • Redação

Jorge Jesus preencheu parte da conferência de imprensa do treinador do Benfica. Veríssimo contornou, na medida do possível, temas relacionados com o seu sucessor. Dérbi é para vencer.

A+ / A-

Nélson Veríssimo não sente que os jogadores do Benfica estejam a ser afetados pela quantidade de notícias sobre possíveis reforços para a próxima temporada, desejados por Jorge Jesus.

"Tenho 16 anos de casa. Em todos os anos, de uma maneira ou outra, há saídas e entradas. Não sinto os jogadores afetados [pelas notícias]. É uma situação normal com que jogadores têm de lidar todos os anos. O dia-a-dia não foi afetado", garante.

Esta foi uma das investidas da comunicação social sobre Jorge Jesus, durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting. Também questionado sobre o seu futuro no clube, Veríssimo reforça que o seu foco "vai até ao jogo com o FC Porto", a contar para a final da Taça de Portugal, a 1 de agosto.

Vitória com o Sporting tem "outra dimensão"

Antes desse desafio com os campeões nacionais, o Benfica fecha o campeonato com um dérbi, na Luz. O treinador reconhece que uma vitória no sábado "terá outra dimensão por ser um jogo contra o Sporting".

O adversário deverá apresentar-se com uma linha de cinco defesas, como é habitual nas equipas de Rúben Amorim, e a estratégia passa por a desmontar sempre que possível.

"A linha de cinco do Sporting cria-nos desafio porque temos de a desmontar. Já defrontámos outras equipas que jogam assim e soubemos como desmontar essa linha. Há grande vontade da equipa em fazer um grande jogo, reconhecendo qualidade à equipa do Sporting e mérito ao seu treinador", afirma.

Avaliações individuais

O Benfica já não tem qualquer objetivo classificativo na última jornada, ficará sempre em segundo lugar, mas há uma luta individual que Pizzi e Carlos Vinícius ainda estão a travar. O internacional português lidera a tabela de goleadores, com 18 golos, e Carlos Vinícius está segundo, com os mesmos 17 golos que Paulinho, do Braga. Taremi surge na quarta posição, com 16 golos marcados.

Veríssimo não menospreza as metas individuais, mas alerta que "o foco está sempre no coletivo".

Já sobre a estreia de Gonçalo Ramos, que marcou dois golos ao Aves, o treinador argumenta que o jovem avançado não o teria conseguido se não tivesse tido a ajuda dos companheiros. Gonçalo faz parte de um grupo de oito jogadores que foram integrados no plantel principal, desde a retoma. "O Gonçalo tem muita qualidade, entrou e teve a felicidade de fazer dois golos", resume.

Veríssimo realiza o último jogo na I Liga como treinador do Benfica no sábado, a partir das 21h15. O dérbi de Lisboa tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.