Tempo
|
A+ / A-

Confinamento teve impacto "considerável" nos comportamentos aditivos "online"

22 jul, 2020 - 15:16 • Redação

A conclusão é de um estudo do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) sobre a utilização da internet e de videojogos em quarentena.

A+ / A-

Veja também:


O confinamento e o isolamento social tiveram um impacto “considerável” nos comportamentos aditivos relacionados com a utilização da internet e de videojogos, tendo levado a um aumento de tempo passado online e/ou em frente a ecrãs a jogar.

A conclusão é de um estudo realizado entre abril e maio de 2020 pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), que procurou conhecer as alterações provocadas em período de confinamento.

O estudo foi feito com base num inquérito realizado online, com 807 respondentes, dirigido a internautas com 18 ou mais anos.

Segundo o SICAD, a tendência, entre os participantes, é de “valorizar mais os benefícios da utilização da Internet, nomeadamente como ferramenta de trabalho e de comunicação, do que os riscos e consequências negativas da sua utilização”.

“Ainda assim, durante a pandemia da Covid-19, verificou-se um agravamento de alguns indicadores, como a utilização intensiva da Internet (5 horas diárias ou mais) ou o contacto com fake news, além de se ter assistido a um aumento relevante da percentagem que nunca tinha tido problemas em controlar o tempo passado em frente a ecrãs e que passou a ter”, revelam os autores do estudo em comunicado enviado às redações.

Segundo o estudo, a maior parte dos pais com filhos menores a seu cargo e que utilizam a Internet permitiu que os seus educandos passassem mais tempo online durante o confinamento decorrente da pandemia da Covid-19, e que passassem a jogar mais, incluindo uma percentagem relevante que até aí não jogava e passou a jogar. Ainda assim, estes educandos tendem a encarar com preocupação o tempo que as crianças passam em frente a ecrãs e o que fazem através da Internet.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.