Ucrânia. Sequestrador rende-se após obrigar Presidente a promover documentário sobre direitos dos animais

22 jul, 2020 - 12:35 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

O homem armado que, na terça-feira, tomou de assalto um autocarro em Lutsk, na Ucrânia, rendeu-se às autoridades. Maksym Kryvosh, 44 anos, tornou reféns todos os 13 passageiros que seguiam na viatura, ameaçando com disparos constantes e, até, com uma granada. Ninguém ficou ferido. A pedido do sequestrador, Volodymyr Zelenskiy recomendou, num vídeo com poucos segundos, o documentário "Earthlings", sobre direitos dos animais. O vídeo foi apagado assim que os reféns foram libertados.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.