|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Campeão sem mácula

16 jul, 2020 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Indiscutível, a vitória dos dragões, a duas jornadas do fim do campeonato, começou a desenhar-se no momento em que a derrocada do Benfica se iniciou de forma alarmante para o emblema da águia.

Não surpreendeu a vitória conseguida ontem à noite no estádio do Dragão pelo Futebol Clube do Porto com a qual chegou ao 29.º título de campeão nacional.

Cumpriram-se as previsões e fez-se justiça.

Indiscutível, a vitória dos dragões, a duas jornadas do fim do campeonato, começou a desenhar-se no momento em que a derrocada do Benfica se iniciou de forma alarmante para o emblema da águia. Por essa altura, a equipa perdeu no seu estádio frente ao Sporting de Braga, e faltavam 15 jornadas para cumprir todo o calendário.

A esse período nefasto das águias os dragões responderam com grande determinação, e não mais cederam terreno até à consagração vivida ontem à noite, com a nação portista a festejar por esse país fora, embora com os condicionamentos impostos pelo momento atribulado que o país e o mundo vivem.

Mesmo sem ter conseguido alcançar exibições de elevado gabarito, sobretudo no período pos-pandemia, o Futebol Clube do Porto é campeão sem mácula e merece o reconhecimento de todos quantos gostam de futebol, ainda que uma larga fatia o faça contrariada.

Nas duas jornadas que estão por cumprir muitas coisas podem ainda acontecer, porque nem tudo está definido na classificação. Desta apenas se sabe quem é o campeão e um dos despromovidos.

E sobra também a Taça de Portugal, cuja final está marcada para Coimbra, e para ser disputada no dia 1 de Agosto entre o Futebol Clube do Porto e o Sport Lisboa e Benfica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ricardo Alves
    16 jul, 2020 Lisboa 21:02
    A azia dos comentadores continua o clube do regime caiu com estrondo apenas, o FCPORTO AGORA que o scp71 está entregue a bicharada faz frente ao clube mais corrupto do mundo .