|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Coronavírus

Dezenas de fuzileiros navais norte-americanos infetados no Japão

11 jul, 2020 - 18:02 • Lusa

Okinawa tem cerca de 150 casos de infeção, enquanto o Japão regista 21.000 casos e 1.000 mortes, com Tóquio a registar este sábado mais de 200 novos casos pelo terceiro dia consecutivo.

A+ / A-

Veja também:


Algumas dezenas de fuzileiros navais norte-americanos das bases de Okinawa, a sul do Japão, estão infetados pelo novo coronavírus, um surto para o qual o governador de Okinawa pediu explicações às Forças Armadas norte-americanas.

Denny Tamaki apontou para a existência de “poucas dezenas” de casos positivos, depois de os militares norte-americanos terem pedido para o número exato não ser divulgado, mas órgãos de comunicação locais falam em 60 infetados.

Tamaki colocou dúvidas às medidas de prevenção adotadas pelos militares norte-americanos e exigiu transparência no acompanhamento do surto.

O governador e as restantes autoridades de Okinawa pediram explicações às Forças Armadas dos Estados Unidos da América.

Em comunicado, os fuzileiros esclareceram que estão a adotar medidas de proteção excecionais para conter o surto, restringindo as atividades fora da base.

Em Okinawa, reside mais da metade das cerca de 50.000 tropas americanas baseadas no Japão sob um pacto de segurança bilateral.

Okinawa tem cerca de 150 casos de infeção, enquanto o Japão regista 21.000 casos e 1.000 mortes, com Tóquio a registar este sábado mais de 200 novos casos pelo terceiro dia consecutivo.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 560 mil mortos e infetou mais de 12,52 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.