Tempo
|
A+ / A-

Luís Filipe Vieira é recandidato à presidência do Benfica

07 jul, 2020 - 22:41 • Redação

Certeza foi deixada esta noite na reunião dos órgãos sociais do clube. Eleições no clube devem ser em outubro.

A+ / A-

Luís Filipe Vieira confirmou, no plenário dos órgãos sociais do clube, que vai recandidatar-se à presidência do Benfica. A informação está a ser avançada por vários órgãos de comunicação em Portugal.

Vieira tinha deixado no ar, após a derrota dos encarnados na Madeira, que iria falar com a família, deixando no ar a possibilidade de deixar a presidência dos encarnados.

Luís Filipe Vieira é presidente desde 2003 e vai recandidatar-se em outubro ao sexto mandato.

Rui Gomes da Silva e Bruno Costa Carvalho já admitiram que querem ser candidatos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • SLB merece melhor
    08 jul, 2020 11:31
    É muita falta de vergonha. Um homem que se quer eternizar no poder para manter os seus privilégios e quem sabe escapar a uma condenação judicial. Em qualquer país civilizado, este homem, que deve milhões ao Novo Banco e ao Estado português, estava preso e com os bens arrestados. Em Portugal consegue ser presidente de um dos maiores clubes de futebol. Vergonha de país
  • Vieira, Rua!
    08 jul, 2020 Lisboa 08:39
    Bruno Costa Carvalho e Gomes da Silva não são adversários credíveis, para alguém que andou a manipular estatutos para se poder eternizar no Poder, que proibiu a BTV de fazer debates entre candidatos e acompanhar as sessões de esclarecimento e campanha, que pôs os "amigos" das Casas do clube a fazer campanha para ele, e que numa altura de pandemia onde o Benfica, muito à frente do País, já tem implantado o voto eletrónico, exige a presença física no pavilhão para votar. GS e Bruno Carvalho, um é um politico desempregado, outro um amorfo inofensivo. Que venha a jogo a Terceira Via que se fala credível. E que não demore muito a fazer a sua aparição.

Destaques V+