|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Há mais um morto e três novos casos com Covid-19 em Reguengos de Monsaraz

04 jul, 2020 - 13:01 • Pedro Filipe Silva , Cristina Nascimento

Concelho de Reguengos de Monsaraz regista o maior surto da doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2 do Alentejo.

A+ / A-

Veja também:


Sobe para nove o número de vítimas mortais com Covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz. A notícia é avançada à Renascença pelo presidente da Câmara José Calixto. A vítima mortal é uma mulher de 87 anos que faleceu no Hospital do Espirito Santo onde estava internada.

O autarca adianta que foram ainda registados três novos casos, dois na comunidade e um entre os utentes do lar.

No hospital de Évora estão internados 17 utentes do lar, quatro dos quais em Unidade de Cuidados Intensivos.

Nestas declarações à Renascença, o autarca garante um ambiente de "tranquilidade absoluta" entre os residentes.

O número de casos positivos relacionados com o lar, onde o surto foi detetado em 18 de junho, fixa-se nos 94, 72 utentes e 22 trabalhadores.

Os funcionários da instituição encontram-se a recuperar nas suas residências, assim como alguns dos utentes, enquanto mais de meia centena de idosos foram transferidos das instalações do lar, na sexta-feira, para um pavilhão montado para o efeito no parque de feiras de Reguengos de Monsaraz.

Com a situação no lar, o concelho de Reguengos de Monsaraz regista o maior surto da doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2 do Alentejo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.