|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Detidos padrastos suspeitos de vários crimes de abuso sexual das enteadas

03 jul, 2020 - 10:46 • Liliana Monteiro

As vítimas tinham 13 e seis anos de idade.

A+ / A-

Um homem tem 31 anos está a ser investigado pela alegada prática de “cerca de 40 crimes de abuso sexual de crianças agravado, na forma consumada”, explica a Policia Judiciária em comunicado.

Os alegados crimes terão sido cometidos “durante os últimos dois anos, quando o autor, padrasto da vítima, agora com 13 anos, aproveitando o facto de ter com aquela períodos de coabitação, obrigou a mesma a suportar atos sexuais de relevo”.

A detenção foi feita pela Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo. Presente a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de obrigação de permanência na habitação (OPH).

Um outro indivíduo, este com 35 anos, foi também detido na área da Grande Lisboa pela suspeita da prática de “inúmeros crimes de abuso sexual de crianças agravado, na forma consumada”.

Neste caso, “os factos foram cometidos no decurso do último ano, quando o autor, padrasto da vítima, de seis anos, prevalecendo-se do facto de residirem na mesma habitação, a submetia a práticas sexuais durante as ausências da mãe da menor”.

O detido ficou sujeito à medida de coação de obrigação de permanência na habitação.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    03 jul, 2020 Funchal 18:19
    E bem. E depois?