Tempo
|
A+ / A-

​Covid-19

​Turismo do Porto e Norte querem retificação do corredor aéreo entre Portugal e Reino Unido

03 jul, 2020 - 18:33 • Henrique Cunha

Presidente do organismo diz que o Governo de Boris Johnson não identificou "bem onde é que surgiram os novos surtos, porque se o fizessem, verificavam que não são, de facto, em nenhum dos destinos que são normalmente utilizados" pelos britânicos.

A+ / A-

Veja também:


O Turismo do Porto e Norte de Portugal classifica de incompreensível a decisão do Governo britânico. O presidente Luís Pedro Martins espera que “a situação seja rapidamente retificada”.

Em causa está a decisão do governo britânico que deixou Portugal de fora da lista dos países considerados seguros, no que diz respeito à pandemia da Covid-19.

Para Luís Pedro Martins “há aqui várias questões que não foram avaliadas por parte do governo inglês”.

“Em primeiro lugar, não identificaram bem onde é que surgiram os novos surtos, porque se o fizessem, verificavam que não são, de facto, em nenhum dos destinos que são normalmente utilizados por parte deste mercado”, adianta Luís Pedro Martins.

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal garante ainda que as autoridades britânicas “também não tiveram em conta a quantidade de testes que nós fazemos e que sabemos hoje são de facto muito acima da média daquilo que é feito pelos outros países”.

Luis Pedro Martins explica que “também não tiveram em conta o facto de a percentagem dos nossos testes são de facto números inferiores de contaminados em relação aos outros países que, apesar de testarem menos continuam a dar maior número”.

Para este reponsável, a resposta imediata a esta situação tem de passar pela procura de alternativa de mercados.

“Nós, as entidades regionais, estamos muito alinhadas com a secretaria de Estado do Turismo e com o Turismo de Portugal na procura de alternativas e não estar muito dependentes de um ou dois mercados”, diz Luis Pedro Martins, apontando como possíveis alternativas dentro dos países europeus os mercados de França, Alemanha, entre outros.

Nestas declarações à Renascença, o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal diz que a reabertura de fronteiras já está a trazer turistas espanhóis à região.

Luís Pedro Martins espera "um primeiro bom fim de semana" para o turismo do Porto e Norte.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 05 jul, 2020 Porto 16:20
    no comments