Aeroportos e companhias reforçam medidas de higienização, mas a retoma dos voos continua em baixo

30 jun, 2020 - 07:00 • Joana Gonçalves

Como media de prevenção e combateà Covid-19, os aeroportos e companhias aéreas adotaram novas regras de segurança e higienização. Do acesso ao gel e garantia de distanciamento social, à limpeza e desinfeção do espaço, as medidas parecem não ser suficientes, para acelerar a retoma dos voos. “Só em três meses tivemos quebras de quase 70% a 80% em termos de transporte de passageiros e de clientes”, assegura um comandante da companha aérea TAP.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.