|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Miguel Albuquerque aceita intervenção na TAP se houver mudança de política

30 jun, 2020 - 20:56 • Joana Gonçalves

Governante lembra que “era mais barato viajar para Nova Iorque do que viajar para a Madeira”.

A+ / A-

O presidente do Governo Regional da Madeira diz ser favorável à intervenção do Estado na TAP, mas deixa um alerta: não pode ser para manter as mesmas políticas.

Miguel Albuquerque lembra, em entrevista à Renascença, que “as companhias aéreas vão ser salvas pelos Estados e, se é para salvar a economia, numa altura de crise atípica como esta, não tenho nada contra a intervenção do Estado”.

No entanto, o governante madeirense lembra que “era mais barato viajar para Nova Iorque do que viajar para a Madeira. Isto não tem sentido”.

“Se vão meter dinheiro na TAP para fazer uma política igual a outra companhia comercial qualquer, não vale a pena”.

A hipótese de nacionalização da companhia aérea portuguesa está em cima da mesa depois de os privados terem recusado a proposta do Governo.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.