|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Índia regista recorde diário de quase 20 mil infeções de Covid-19

29 jun, 2020 - 08:55 • Lusa

A Índia identificou quase 100 mil casos na semana passada. O país contabiliza mais de 500 mil casos, tornando-se no quarto mais afetado do mundo, depois dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

A+ / A-

A Índia registou quase 20 mil novas infeções por coronavírus nas últimas 24 horas, um novo recorde, no momento em que vários estados reimpuseram bloqueios parciais ou totais para conter a propagação da covid-19.

A Índia identificou quase 100 mil casos na semana passada, informou o Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o país identificou 548.318 casos, tornando-se no quarto mais afetado do mundo, depois dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

Já o número total de mortos na Índia é agora de 16.475.

Apesar do levantamento de alguns bloqueios em alguns estados, áreas de grande densidade populacional que incluem as capitais financeira e nacional do país, Bombaim, e Nova Deli, respetivamente, a maioria dessas restrições foi atenuada em restaurantes, centros comerciais, parques e transportes públicos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 500 mil mortos e infetou quase 10,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.