Tempo
|
A+ / A-

Lobo Xavier e Pires de Lima vão ajudar CDS a fazer programa para a emergência social

13 jun, 2020 - 15:24 • Eunice Lourenço

Líder do partido formou um Grupo para a Recuperação Económica e Social de Portugal com oito membros.

A+ / A-

Antigos ministros e dirigentes do CDS, como Pires de Lima, Lobo Xavier e Nobre Guedes fazem parte de um Grupo para a Recuperação Económica e Social de Portugal (GRESP) formalizado, este sábado, pelo presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos.

O objetivo deste grupo é “apresentar um programa para a emergência social e oferecer um plano para a retoma da atividade económica após a pandemia de Covid-19”, segundo declarações do líder do CDS, distribuídas pela sua assessoria de imprensa. Ainda segundo Francisco Rodrigues dos Santos, “esta unidade de missão terá como fito a construção de propostas que perspetivem a tão proclamada reforma do Estado”.

O grupo de oito pessoas tem militantes e figuras do CDS, mas também independentes, o que é apresentado por Francisco Rodrigues dos Santos como um sinal de abertura do partido ao exterior: “Este elenco demonstra ainda a inequívoca união de várias gerações e correntes do CDS, sinal de que o partido está coeso e focado em ser útil a Portugal e aos portugueses."

Ainda segundo as declarações do presidente do CDS, o trabalho deste grupo vai privilegiar, “no curto prazo, ao combate à pobreza e ao apoio aos mais idosos, à capacitação do Serviço Nacional de Saúde, à revitalização do tecido empresarial, à diminuição da burocracia, à competitividade fiscal, e à segurança”.

O "Grupo dos 8" do CDS


António Galvão Lucas – licenciado em Economia e Gestão, é coordenador do Gabinete de Estudos do CDS. Empresário da área da comunicação, foi vice-presidente da JP e deputado do CDS à Assembleia Municipal da capital.

António Lobo Xavier – advogado, militante e ex-dirigente do CDS, foi deputado à Assembleia da República, tendo sido líder parlamentar. Comentador semanal no programa “Circulatura do Quadrado”.

António Maia Gonçalves – Médico, especialista em Medicina Interna e Cuidados Intensivos, é diretor da Unidade de Cuidados Intensivos e Medicina Interna da Casa de Saúde da Boavista (Porto), e responsável pela formação no Hospital de Braga.

António Pires de Lima – ex-ministro da Economia no Governo PSD-CDS, onde sucedeu a Álvaro Santos Almeida. Economista, administrador de empresas, é amigo de infância de Paulo Portas. Teve no congresso de janeiro, em que Francisco Rodrigues dos Santos sucedeu a Assunção Cristas, a intervenção mais crítica do então candidato a líder.

Luís Nobre Guedes – Ex-deputado, foi ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território no XVI Governo Constitucional (o Governo Santana Lopes) Advogado, é comentador semanal na RTP3

Paula Correia Morais – licenciada em Economia, é consultora e foi diretora-geral da Associação Nacional de Jovens Empresários. É uma das independentes do grupo.

Paula Guimarães - jurista, com experiência de 30 anos na área social, é docente nas universidades de Aveiro e Católica. Dirige o Gabinete de Responsabilidade Social do Montepio Geral. É a outra não-militante deste grupo

Sandra Stecht – segundo a informação divulgada pelo CDS, é professora convidada das pós-Graduações de Mercados Financeiros e Ciência Política na Coimbra Business School.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.