EUA

Afro-americano morre às mãos da polícia em Atlanta. Manifestantes revoltados incendeiam restaurante

14 jun, 2020 - 16:17 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Um homem negro foi morto pela polícia em Atlanta, nos Estados Unidos, na sexta-feira. Rayshard Brooks, de 27 anos, terá tentado fugir da detenção e foi alvejado quando se voltou e terá apontado o “taser” que tirou de um dos agentes. A polícia foi chamada ao local devido a uma queixa de que um homem estaria a dormir dentro do carro num restaurante “drive-thru” e a bloquear a passagem de outras viaturas. O incidente desencadeou uma nova onda de protestos em Atlanta. Os manifestantes de sábado à noite atearam fogo ao restaurante Wendy’s, onde Brooks foi fatalmente atingido.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Reportagem
Eu Eleitor hyper

Eu, eleitor

Retratos do país que vota

Que país é este que vai às urnas? Até às eleições legislativas, a Renascença apresenta retratos de 18 eleitores dos círculos eleitorais de Portugal continental, olhando as características e dificuldades de cada distrito.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.