Tempo
|
A+ / A-

Coreias. Norte corta todas as comunicações com o Sul

09 jun, 2020 - 16:47 • Redação

Será apenas a primeira de uma série de medidas da Coreia do Norte, que classifica a homóloga do Sul como "o inimigo".

A+ / A-

A Coreia do Norte anunciou que vai cortar todas as linhas de comunicação com a Coreia do Sul, incluindo uma ligação direta entre os líderes dos dois países, devido a um desentendimento sobre panfletos.

Esta é a apenas a primeira de uma série de ações, segundo a Coreia do Norte, que classifica a homóloga do Sul como "o inimigo".

Este é um passo atrás no reatar de relações entre as duas nações, que em 2018 tinham conversado no sentido de atenuar a tensão decorrente da guerra em que, tecnicamente, ainda se encontram, uma vez que não chegou a haver acordo de paz quando a Guerra da Coreia terminou, em 1953.

Em causa, agora, estão panfletos que grupos de desertores enviam para o Norte, "ato hostil" que a Coreia do Sul nada terá feito para parar.

Os líderes das duas Coreias faziam duas chamadas de telefone por dia, uma às 9h00 e a outra às 17h00. Contudo, na segunda-feira, a Coreia do Sul revelou que, pela primeira vez em 21 meses, a sua chamada da manhã não tinha tido resposta. O contacto seria reposto à tarde.

Terá sido o último telefonema entre as duas nações, até que cheguem a novo acordo, como o estabelecido em 2018, na cimeira de Panmunjon.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.