|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Cidade Desportiva do FC Porto será em Matosinhos, anuncia Pinto da Costa

05 jun, 2020 - 00:26 • Redação

Infraestrutura terá sete campos de futebol de 11, um deles com uma bancada com 2500 lugares, e dois campos de futebol de sete.

A+ / A-

Pinto da Costa anunciou, esta quinta-feira, que planeia construir a Cidade Desportiva do FC Porto em Matosinhos, um plano que já terá sido aprovado pela Câmara Municipal da cidade em questão.

"Temos um terreno de oito hectares. O plano diretor já está aprovado e o plano de pormenor já foi aprovado pela câmara. Estão previstos sete campos de futebol de 11, um deles com uma bancada com 2500 lugares, e dois campos de futebol de sete. Terá ainda uma zona residencial para 100 camas", afirmou, ao "Portal dos Dragões".

Para construir a infraestrutura, Pinto da Costa diz que tem já dois tipos de financiamento aprovados. No entanto, será a próxima direção a aprovar.

"Temos dois tipos de financiamento já aprovados e o FC Porto é que terá que optar. Não fizemos a opção porque entendemos que, em final de mandato, não devíamos fazê-lo. Temos um financiamento bancário a 10 anos e temos uma outra opção com um investidor privado. É um investimento a 20 anos e o investidor pagará tudo. Terá a responsabilidade total da obra, nós pagaremos um aluguer das instalações durante esses 20 anos, e ao fim desse tempo todo o complexo passa automaticamente para o FC Porto. Vamos analisar qual será o melhor para o FC Porto", diz.

As eleições no FC Porto estão agendadas para os dias 6 e 7 de junho. Na corrida estão também Nuno Lobo e José Fernando Rio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.