Tempo
|
A+ / A-

Covid-19: Seis mil trabalhadores vão ser testados hoje em Lisboa e Vale do Tejo

03 jun, 2020 - 14:03 • Redação

Num balanço total, 40% dos rastreios foram realizados na região Norte, 25% em Lisboa e Vale do Tejo, 14% na região Centro e os restantes no Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

A+ / A-

Veja também:


Cerca de seis mil trabalhadores vão ser testados à Covid-19 esta quarta-feira na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), avança o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales.

"Há um plano de testagem em empresas da região da Grande Lisboa, a maioria na zona da Azambuja", disse António Lacerda Sales. Foram feitos testes ontem, estão a ser feitos hoje e vão ser feitos mais nos próximos dias, adiantou o governante na conferência de imprensa diária de balanço da pandemia.

Até ao momento, foram feitas mais de 3.800 colheitas. Do universo de 18.100 trabalhadores, cerca 6.000 vão ser testados hoje", adiantou o secretário de Estado da Saúde.

No âmbito do foco em empresas de Lisboa e Vale do Tejo, foram processadas 1.019 amostras pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), nas últimas 24 horas, com 59 casos confirmados de Covid-19, o equivalente a 5,8%, referiu António Lacerda Sales.

Na última semana, foram realizados 13.500 por dia em Portugal. Num balanço total, 40% dos rastreios foram realizados na região Norte, 25% em Lisboa e Vale do Tejo, 14% na região Centro e os restantes no Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

António Lacerda Sales destacou, na abertura da conferência de imprensa, que Portugal tem agora mais 210 pessoas recuperadas da Covid-19, num total de mais de 20 mil pessoas curadas.

De acordo com o boletim diário da Direção Geral da Saúde (DGS), Lisboa e Vale do Tejo regista 335 (91,5%) dos 366 novos (maior número desde 8 de maio) casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus em Portugal. Ao todo, a contagem é de 1.447 mortes (mais 11 que na terça-feira) e 33.261 casos (aumento de 1,1%), de acordo com o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório desta quarta-feira, com dados atualizados até às 00h00 de terça, mostra uma subida de 210 no número de recuperados, para um total de 20.079. O número de casos ativos sobe para 11.735 (mais 145).

A taxa de letalidade mantém-se nos 4,4%.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.