|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Jacinto Lucas Pires-Henrique Raposo
Um escritor, dramaturgo e cineasta e um “proletário do teclado” e cronista. Discordam profundamente na maior parte dos temas. À segunda e quarta, às 9h15
A+ / A-
Arquivo
"Se gostamos de futebol, não devemos aparecer" - 03/06/2020
"Se gostamos de futebol, não devemos aparecer" - 03/06/2020

J. Lucas Pires

Futebol. “Se gostamos, devemos não aparecer. Estranho, mas é assim”

03 jun, 2020 • Marta Grosso , Miguel Coelho (moderação do debate)


Jacinto Lucas Pires e Henrique Raposo comentam o regresso do futebol aos estádios com regras que não agradam a todos.

A bem da saúde mental e da saúde financeira dos clubes, Francisco Lucas Pires apoia o regresso do futebol aos estádios, mesmo que em modos muito diferentes dos habituais.

“Acho que o futebol será assim ou não será e eu prefiro que seja assim. E acho que os adeptos têm de perceber isso. Se gostamos, devemos não aparecer. É estranho, anti-natural, mas é assim”, defende o comentador das Três da Manhã.

Henrique Raposo tem uma opinião diferente. “Eu, que sou crítico da quarentena, acho que um ajuntamento de 50 mil pessoas é um perigo”, diz.

No seu entender, “o desporto, pela sua natureza efusiva, é um espetáculo diferente de um teatro, de um concerto”.

Como se adapta um estádio a uma pandemia? O que mudou em casa do Paços de Ferreira
Como se adapta um estádio a uma pandemia? O que mudou em casa do Paços de Ferreira

Os dois comentadores mostram-se mais sintonizados no que diz respeito à clareza de critérios, que parece não existir.

“Os critérios têm de ser mais claros e a comunicação mais eficaz”, defende Jacinto Lucas Pires.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.