Tempo
|
A+ / A-

Com incógnitas, mas sem desculpas. Vitória de Guimarães quer retomar bom momento frente ao Sporting

02 jun, 2020 - 13:20 • Redação

Ivo Vieira assume preocupação com a condição física dos jogadores e não esconde que jogar sem público é estranho, contudo, só pensa em conquistar a quarta vitória consecutiva.

A+ / A-

As incógnitas são várias, contudo, o treinador do Vitória de Guimarães garante que não se refugiará em desculpas, na retoma do campeonato. Frente ao Sporting, Ivo Vieira só pensa em vencer e retomar o bom momento em que a equipa estava antes da paragem.

Na conferência de imprensa de antevisão da receção ao Sporting, a contar para a 25.ª jornada da I Liga, Ivo Vieira admitiu que a qualidade "poderão não ser igual", mas que a sua equipa tentará aproximar-se.

"O meu objetivo é dar continuidade às três vitórias seguidas que temos. Vamos a jogo para ganhar. Os jogadores estão sempre motivados. Quero dar continuidade ao bom momento em que estávamos", frisou.

Todas as equipas representam "uma incógnita", devido aos dois meses de interrupção, e o jogo acabará, "de forma natural, por ser muito parado e a intensidade será mais baixa". Ainda assim, Ivo Vieira afiança que "o comportamento dos jogadores e a vontade estarão sempre lá", pelo que não vale a pena arranjar desculpas na falta de público ou de treino.

"Os treinadores continuam a ser competentes e os jogadores continuam a ter qualidade. É muito fácil o treinador refugiar-se na falta de público, mas vamos jogar todos com as mesmas condições e seria ridículo da minha parte avançar com qualquer tipo de justificação para estarmos com vantagem ou desvantagem num ou noutro campo. Isso são as desculpas mais fáceis. Prefiro agarrar-me ao trabalho. Refugiar-me no trabalho do árbitro, no público ou em quem tropeçou na escada não faz parte do meu vocabulário", sublinhou o técnico vitoriano.

Ivo Vieira não porá os jogadores em risco


O treinador do Vitória reconheceu que "a questão física é preocupante" e que o risco de lesões é maior, pelo que poderá ter de fazer gestão:

"Veja-se o número de lesões que têm acontecido noutras ligas. Não ponho a integridade física de jogador nenhum meu em jogo. Ou está a 100% ou não vai. Os jogadores são humanos. A questão das lesões é preocupante, não só no Vitória, mas em todos os clubes, que devem ter essa apreensão. Vamos tentar fazer a gestão da melhor forma possível. Aos 70, 75 minutos vamos provavelmente ter uma baixa de rendimento geral. Ao quarto, quinto jogo, os jogadores estarão mais disponíveis."

O Vitória de Guimarães, sexto classificado, com 37 pontos, recebe o Sporting, quarto, com 42, no Estádio D. Afonso Henriques, na quinta-feira, a partir das 21h15. O encontro, à porta fechada, terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.