Tempo
|
A+ / A-

Lançamento bem sucedido. Foguetão da NASA e da SpaceX já está em órbita

30 mai, 2020 - 17:29 • Filipe d'Avillez

Foi a primeira vez que se lançou um foguetão tripulado dos Estados Unidos em mais de uma década.

A+ / A-

Foi bem sucedido o lançamento do "Falcon Nine", um projeto conjunto entre a NASA e a empresa SpaceX, do empresário Elon Musk. O "Falcon Nine" transportava a cápsula "Dragon", que se separou da nave para se dirigir para órbita.

O lançamento ocorreu precisamente às 20h22 deste sábado, hora de Lisboa.

Esta foi a segunda tentativa, depois de ter sido cancelado o lançamento de quarta-feira passada, devido ao mau tempo. As condições meteorológicas ainda ameçaram trocar as voltas à NASA, com os especialistas a dizer que havia 50% de hipóteses de novo cancelamento, mas afinal foi possível avançar.

Cada passo do lançamento, que foi transmitido em streaming pela NASA, foi acompanhado com grande entusiasmo pelos técnicos que o prepararam e os aplausos à medida que a cápsula ultrapassava as diferentes fases eram audíveis.

O "Dragon" vai agora dirigir-se para a Estação Espacial Internacional, com dois astronautas a bordo.

A missão é a primeira tentativa de enviar um foguetão comercial para o espaço, sendo financiada em parte pela SpaceX, do milionário Elon Musk, fundador da Tesla.

[Atualizado às 20h36]

Missão histórica. Foguetão da NASA e de Musk já está em órbita
Missão histórica. Foguetão da NASA e de Musk já está em órbita
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.