|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Número de mortes nas estradas desceu 34% durante o confinamento

29 mai, 2020 - 12:28 • Celso Paiva Sol

A sinistralidade rodoviária registou "acentuado decréscimo" durante o estado de emergência.

A+ / A-

O número de acidentes com vítimas mortais reduziu 34% durante o confinamento, no âmbito da pandemia da Covid-19, segundo o relatório divulgado pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

A sinistralidade rodoviária continua a registar números bastante positivos, provocados pelo estado de emergência, que esteve em vigor durante março e abril. Até ao final de abril, registou-se uma redução de 29% no número de acidentes com vítimas: menos 34% com vítimas mortais e menos 27% com feridos graves.

As colisões representam metade dos acidentes com vítimas e metade do número total de feridos graves. Contudo, foram os despistes que fizeram mais mortos.

No que diz respeito à fiscalização rodoviária, também ela bastante condicionada pela redução de tráfego desde 19 de março, a infracção mais detetada foi o excesso de velocidade, com quase 63% do total.

Portugal esteve em estado de emergência entre 19 de março e 2 de maio. Neste momento, encontra-se no final da segunda fase de desconfinamento, prestes a entrar na terceira (marcada para segunda-feira).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.