Tempo
|
A+ / A-

​Corpo encontrado no rio Tejo na zona de Santa Apolónia em Lisboa

29 mai, 2020 - 16:23 • Lusa

Autoridades recuperaram o corpo de uma mulher das águas do Tejo.

A+ / A-

A Autoridade Marítima Nacional anunciou esta sexta-feira que foi encontrado um corpo no rio Tejo, na zona de Santa Apolónia, em Lisboa.

O corpo, de uma mulher, foi "removido pelas 15h30" e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, adiantou à Lusa fonte da autoridade marítima.

O "Jornal de Notícias" avança que foi encontrado o corpo da estudante de 23 anos, que terá sido assassinada por um colega, de 25 anos, mas a identidade ainda não foi confirmada por fontes oficiais.

O suspeito da morte de Beatriz Lebre, estudante de Psicologia numa universidade de Lisboa, é Rúben Couto, que foi detido na quarta-feira à noite pela Polícia Judiciária (PJ).

A Judiciária, que está a investigar o caso, avançou em comunicado, que o jovem foi detido “por fortes indícios da prática de um crime de homicídio”.

A PJ recorda na mesma nota que o crime ocorreu no passado dia 22 de maio, “vitimando uma mulher, de 23 anos, colega do presumível autor, a qual se encontrava desaparecida desde então”.

“A Polícia Judiciária prossegue as diligências investigatórias e apresentará o detido a primeiro interrogatório judicial, no qual será sujeito à aplicação das medidas de coação processual adequadas”, é ainda referido.

[notícia atualizada]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.