|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Futebol. Marcelo não se pronuncia sobre jogos em sinal aberto

21 mai, 2020 - 17:57 • Redação

Presidente da República diz que não recebeu a carta de Pedro Proença, que sugeria a "influência" do chefe de Estado com vista a que as operadoras de televisão permitissem a transmissão de jogos em sinal aberto.

A+ / A-

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, diz que não se vai intrometer na questão dos jogos em sinal aberto até ao final da temporada.

O Presidente admite até que não recebeu a carta do presidente da Liga, Pedro Proença, que sugeria a "influência" do chefe de Estado com vista a que as operadoras de televisão permitissem a transmissão de jogos em sinal aberto, na reta final da I Liga.

As operadoras, e a NOS em particular - sendo patrocinadora direta da prova -, e por consequência os clubes, não gostaram da proposta. O descontentamento levou a uma reunião, que decorre esta quinta-feira, e que poderá decidir a saída de Proença da liderança da liga.

"Não recebi a carta, mas li-a na comunicação social. Deve ter sido entregue na Presidência da República, mas não tinha recebido pessoalmente. Não me vou pronunciar sobre uma matéria que não é da competência do Presidente da República. É uma matéria sensível, que envolve uma realidade contratual entre várias instituições. O Presidente nunca fala como cidadão nestas matérias, por isso, uma opinião do Priesidente seria uma forma de me intrometer numa matéria que não devo", afirma, à margem de uma visita ao Oceanário, em Lisboa.

Uma maioria de clubes da I Liga de futebol vai pressionar o presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença, para que este apresente a demissão esta quinta-feira, segundo anunciou Bola Branca.

Proença foi bastante criticado, com o Benfica a assumir um papel mais interventivo. Ao lado das águias estiveram emblemas como Sporting, Sporting de Braga, Marítimo, Famalicão ou Boavista. FC Porto, Paços de Ferreira ou Vitória de Setúbal não participaram.

Na reunião desta quinta-feira da Liga, com todos os presidentes, marcada para as 18h00, ficará oficializado o calendário das últimas dez rondas do campeonato, bem como os respetivos estádios a utilizar, entretanto viabilizados pela Direção Geral da Saúde (DGS). Porém, como se percebe igualmente, este até poderá nem ser o assunto principal "em cima da mesa".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.