|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Alexandre Santos

Matheus Nunes foi "lançado" por Varandas, mas "é preciso dar-lhe tempo" para "crescer e errar"

20 mai, 2020 - 13:10 • Rui Viegas

Ex-treinador do atacante brasileiro nos sub-23 de Estoril e Sporting alerta para os riscos da "ribalta". Alexandre Santos, também antigo comentador da Renascença, esteve intimamente ligado à chegada do jogador a Alcochete.

A+ / A-

O antigo treinador de Matheus Nunes no Sporting e Estoril e ex-comentador de futebol da Renascença Alexandre Santos diz que é preciso "dar-lhe tempo, até para errar".

O presidente do Sporting destacou as qualidade do médio/extremo brasileiro, de 21 anos, que poderá fazer parte do plantel principal em 2020/21. Ao Canal 11, Frederico Varandas mostrou-se mesmo convencido de que "só Matheus Nunes vai pagar Rúben Amorim", o novo treinador, que será importante nesta nova aposta.

Alexandre Santos, agora em Alverca, orientou o atacante nos sub-23 canarinhos e leoninos e, em entrevista a Bola Branca, coloca alguma água nesta fervura.

"É preciso dar tempo e é preciso estruturar bem estas ascensões dos jovens jogadores, porque se vamos pô-los simplesmente à prova, e ao primeiro erro não damos margem para crescerem e voltarem a errar, estamos a não potenciar o caminho correto deles. E está provado no Sporting, e noutros clubes, que estes jovens jogadores têm de ter tempo, até para errar", começa por advertir o técnico.

Alexandre Santos salienta que a pressão, "que agora está maior para Matheus Nunes, porque a exigência também é maior e são mais olhos a olhar e a criticar, faz parte da carreira de um jogador".

"[Matheus Nunes] Vai ter de afirmar-se pelo que ele é e isso dependerá do momento em que entrar e daquilo que consiga fazer", salienta.

O treinador destaca, de seguida, a mais-valia observada em Matheus Nunes: "Junta dois grandes aspetos: a qualidade técnica, que utiliza nas situações mais apertadas com as quais que se deparam os médios, e a qualidade de leitura de jogo, saindo a jogar de forma simples."

Papel decisivo na chegada do jogador a Alvalade


Alexandre Santos esteve intimamente ligado à contratação de Matheus Nunes pelo Sporting.

"[No Estoril] Dizíamos, 'como é que um jogador sem passado em campeonatos jovens e sem passado em equipas grandes da formação do futebol, tinha aquela facilidade em entender o jogo?' Naturalmente, quando me abordaram do Sporting, sobre o potencial dele, dei o aval e achei que era uma aposta do Sporting que podia dar muitos frutos", termina.

Com contrato com o Sporting até junho de 2024 e uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros, Matheus Nunes, de 1,85 metros, nasceu no Rio de Janeiro a 27 agosto de 1998.

Todavia, a sua formação futebolística é toda ela portuguesa. Primeiro no Ericeirense, onde se manteve até 2018, e, a seguir, no Estoril Praia. Em 2019, chegou ao Sporting, para continuar a jogar nos sub-23, tal como sucedia no Estoril.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.