Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. DGS continua a recomendar desinfeção de superfícies

20 mai, 2020 - 13:08

OMS anunciou, na segunda-feira, que não é possível confirmar que a Covid-19 seja transmissível através de superfícies. Graça Freitas diz que a regra é a "humildade e precaução".

A+ / A-

Veja também:


Graça Freitas, Diretora-Geral da Saúde, continua a aconselhar a desinfeção das superfícies e dos objetos, apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter afirmado que ainda não encontrou evidências que o vírus se possa espalhar através do contacto com uma superfície.

"Continuamos a colocar muito ênfase na desinfeção de superfícies. Saiu uma indicação da OMS de que a transmissão por superfícies pode não ser tão intensa como julgávamos, mas não temos a certeza absoluta. A incerteza deve trazer um grau de humildade e precaução. As pessoas têm a indicação para tocar o mínimo possível", afirma, em conferência de imprensa.

Até existir evidência científica mais sólida, "os objetos podem ser considerados potencial fonte de contágio".

Ginásios sem data para abrir

A responsável pela Direção-Geral da Saúde (DGS) explica que a reunião com o setor dos ginásios correu bem, mas não será a DGS a decidir quando começarão a abrir os ginásios.

"A abertura tem sido gradual. Ontem estivemos reunidos, mas estas reuniões são sobretudo para acertar conjuntos de boas práticas. Temos as nossas orientações, que o setor conhece bem. Não há nada definida e não compete à DGS dizer quando é que uma atividade abre as suas portas. Fazemos o nosso melhor para que as regras se cumpram", afirma.

Sobre as grávidas, Graça Freitas explica que a maior problemática tem sido, nesta altura, a definição das regras em relação ao acompanhante. A decisão está nas equipas médicas que executam o parto, mas uma nova regra estará para sair, depois da DGS ter divulgado normas para os cuidados com os recém-nascidos.

"Estamos a rever a orientação para as grávidas. O acompanhante é uma questão delicada porque tem a ver com a probabilidade de se contagiar, ou estar infetado. As condições físicas do local do parto podem decidir que tipo de acompanhamento é que existe. Em última análise, é a equipa clínica que pode decidir", termina.

Esta quarta-feira, Portugal regista 29.660 casos positivos de Covid-19, mais 228 nas últimas 48 horas, 1.263 mortes, mais 16, e 6.452 casos recuperados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+